De uma só vez, China perde três ouros olímpicos por doping

Todas as medalhas haviam sido conquistadas no levantamento de peso na Olimpíada de Pequim, em 2008, levantando indícios de doping sistemático

Por O Dia

Pequim - A China contou com o auxílio de doping para vencer o quadro geral de medalhas dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. Nesta quinta-feira, o Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou mais uma leva de punições em consequência da reanálise das amostras de doping colhidas em 2008 e 2012 e, de uma só vez, tirou três medalhas de ouro conquistadas por atletas chinesas no levantamento de peso.

Com quatro medalhas douradas, a China dominou a competição feminina de levantamento de peso em Pequim. Agora, entretanto, terá que devolver três de suas medalhas, conquistadas por Xiexia Chen (até 48kg), Chunhong Liu (até 69kg) e Lei Cao (até 75kg). As três testaram positivo para as mesmas substâncias proibidas, conhecidas pelas siglas GHRP-2 e GHRP-2 M2. Das medalhistas chinesas no levantamento de peso, só Yanqing Chen, da categoria até 58kg, não perdeu sua medalha até agora, num indício de doping sistemático.

Em outras levas de punição, o COI já havia retirado o resultado de pelo menos outros 10 medalhistas do levantamento de peso de Pequim-2008, a maior parte deles mulheres. Rússia, Ucrânia, Casaquistão e Bielo-Rússia foram os países mais atingidos pelas punições anteriores.

Desta vez, também perderam seus resultados, por uso de doping, atletas da Turquia, do Azerbaijão e da Armênia, mas nenhum deles havia recebido medalhas nos Jogos de Pequim ou de Londres. Sibel Simsek, da Turquia, herdaria um bronze se não fosse, também ela, suspensa.

Além disso, a leva de punições aplicadas pelo COI nesta quinta conta com Nadzeya Ostapchuk, da Bielo-Rússia, bronze no arremesso de peso em 2008, e Darya Pchelnik, também bielo-russa, quarta no lançamento de martelo. Antes delas, suas compatriotas

Natallia Mikhnevich (prata no peso) e Aksana Miankova (ouro no martelo) já haviam perdido suas medalhas. Ou seja: ambas seriam subiriam degraus no pódio.

Últimas de Esporte