Não fez falta! Sem Neymar, PSG faz 3 a 0 no Nice e abre vantagem na liderança

Cavani marcou duas vezes em jogo válido pelo Campeonato Francês

Por O Dia

Paris - O Paris Saint-Germain não sentiu nem um pouco a ausência de Neymar nesta sexta-feira. Suspenso por ter sido expulso no último domingo no clássico contra o Olympique de Marselha, o atacante brasileiro cumpriu a automática contra o Nice e não fez falta. Com dois gols do uruguaio Cavani, o PSG ganhou por 3 a 0, no estádio Parque dos Príncipes, em Paris, pela abertura da 11.ª rodada, e abriu sete pontos de vantagem na liderança.

Cavani marcou dois gols na vitória do PSGReprodução Twitter PSG

Agora com nove vitórias e dois empates na competição, o Paris Saint-Germain segue com tranquilidade na primeira colocação. O mais próximo na tabela de classificação é o Monaco, o atual campeão, que tem 22 e joga neste sábado contra o Bordeaux, fora de casa. O Nice, mesmo com estrelas como o italiano Mario Balotelli e o holandês Wesley Sneijder, está em 14.º lugar, com 10 pontos, e tem de se preocupar com o risco de rebaixamento.

Sem Neymar, o técnico Unai Emery escalou o argentino Angel Di María em seu lugar. O time manteve, assim, a sua força ofensiva e precisou de apenas três minutos para abrir o placar. Após escanteio cobrado por Di María da esquerda, Cavani se adiantou à marcação na primeira trave, mergulhou de cabeça e tirou o goleiro Walter Benitez da jogada.

Mesmo com a vantagem, o Paris Saint-Germain seguiu atacante e perdeu algumas chances. Levou alguns sustos em chutes de Balotelli e Sneijder, mas conseguiu fazer o segundo gol, aos 30 minutos, em bela jogada de Di María e Cavani. Do meio de campo, o argentino acertou um lindo lançamento por elevação para o uruguaio, que partiu nas costas do zagueiro brasileiro Dante, dominou dando um toque que tirou o goleiro do lance e só tocou para a meta vazia.

Com os dois gols marcados contra o Nice, Cavani chegou a 15 na atual temporada. Tem mais bolas na rede do que partidas disputadas, já que entrou em campo apenas 14 vezes até o momento em jogos do Campeonato Francês, da Supercopa Francesa e da Liga dos Campeões da Europa. São cinco gols nos últimos quatro jogos

No segundo tempo, o domínio do Paris Saint-Germain continuou. Logo aos sete minutos, o time da capital francesa "matou" o jogo com o terceiro gol. No cruzamento para a segunda trave, Cavani ajeitou de cabeça para o meio e Di María e o lateral-direito brasileiro Daniel Alves chegaram na dividida, mas a bola resvalou em Dante e entrou. Gol contra do zagueiro brasileiro.

Daí para o final, o duelo ficou um pouco mais monótono, já que os jogadores do Paris Saint-Germain "puxaram o freio de mão" e pouco atacaram já se poupando para a sequência da temporada. Nesta terça-feira, o time receberá o Anderlecht, da Bélgica, em Paris, pela quarta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões Com Neymar de volta.

Últimas de Esporte