Presidente do Botafogo encara com tranquilidade saída de Torres do clube

Carlos Eduardo Pereira descarta polêmica e afirma que Capitão será sempre um ídolo

Por jessica.rocha

Rio - Carlos Alberto Torres deixou o cargo de ministro dos esportes do Botafogo pouco mais de um mês de Carlos Eduardo Pereira ganhar a eleição para presidência. O Capita, que apoiou a chapa do novo presidente, comentou que estava se sentindo menosprezado pelo clube e decidiu abandonar o posto na última terça-feira. Para o mandatário Alvinegro, as portas estarão sempre abertas ao ex-jogador, que teve sua saída encarada de maneira tranquila.  

"Eu vejo com normalidade a saída dele. Ele é um ídolo e a gente tem que respeitar. Ele nos apoiou muito e as portas estão sempre abertas. Foi uma decisão pessoal e a gente não tem muito o que falar sobre isso ", afirmou Carlos Eduardo Pereira à Rádio Tupi.

Carlos Alberto Torres apoiou a chapa de Carlos Eduardo PereiraCarlos Moraes


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia