Um turno com poucos motivos para festejar

Após 19 rodadas, futebol carioca só se salva pela campanha do Fluminense, em quarto

Por O Dia

Rio - No primeiro turno do Campeonato Brasileiro e o futebol carioca têm mais motivos para chorar do que sorrir. O Fluminense é o único clube do estado que faz uma campanha digna do segundo maior campeão do país, com 15 títulos brasileiros. O Flamengo está no meio da tabela, enquanto o Vasco está em situação crítica.

Vasco está na última colocaçãoAndré Mourão

O Tricolor tem o que comemorar. Além da estreia da dupla Ronaldinho Gaúcho e Fred na última rodada, o time terminou o turno entre os que se classificariam para a Taça Libertadores da América 2016. Segundo o site Infobola, o time tem 42% de chances de terminar no G-4 e 4% de conquistar o pentacampeonato. O time comandado por Enderson Moreira precisa de 31 pontos para chegar aos 64, média do quarto colocado nos últimos nove anos.

Flamengo, de Cristóvão, oscila no BrasileirãoDivulgação

No meio da tabela, o Flamengo precisa se preocupar nas duas pontas. Em cima, precisa fazer 41 pontos para chegar a uma pontuação de G-4. A campanha terá ser melhor do que a do título brasileiro de 2009, onde o time conseguiu 12 vitórias, 4 empates e 3 derrotas, com 70,1% de aproveitamento, número parecido com o que o Corinthians, campeão do primeiro turno, teve em 2015.

Na parte de baixo, os comandados de Cristóvão Borges precisam de 21 pontos para, teoricamente, se livrar do rebaixamento. A campanha daria ao clube a 15ª posição no primeiro turno.

Fluminense é o único clube carioca a viver bom momentoMárcio Mercante

A situação do Vasco é muito complicada. Lanterna do Brasileirão e sete pontos atrás do primeiro time fora da zona de rebaixamento, a equipe precisará mudar da água para o vinho. O novo treinador do time, Jorginho, terá que alcançar 54,4% de aproveitamento para chegar aos 44 pontos. Uma campanha digna de G-4 em uma equipe que marcou apenas oito gols em 19 partidas e conquistou 13 dos 57 pontos do primeiro turno.