Jorge comemora chance de atuar no profissional, mas lamenta 2015 do Fla

Lateral-esquerdo revela que ficou triste pelo depoimento de Jayme de Almeida e minimiza falta de entrega do elenco

Por O Dia

Rio - Com apenas 19 anos, Jorge é um dos integrantes mais jovens do elenco do Flamengo, mas já carrega a responsibilidade de gente grande. Vendo a fase, não muito boa do Rubro-Negro, que nada conseguiu neste Campeonato Brasileiro, o lateral-esquerdo lamentou, ainda mais as declarações feitas por Jayme de Almeida após a derrota por 3 a 0 para o Atlético-PR, no último domingo.

 "Na minha opinião, jamais vai faltar interesse de cada um num clube dessa grandeza. A gente quer sempre vencer. Os jogadores com certeza ficaram tristes com o que o Jayme falou, mas todo mundo fica chateado quando perde", afirmou.

Jorge comemora chance com os profissionais, mas lamenta 2015 do FlamengoGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

Jorge destacou a realização de um sonho que era atuar pelo time principal: "Fico feliz demais pelo meu ano. Sempre sonhei em estar no profissional. Mas o nosso ano (do time) não foi bom para o clube".

Muito se fala da chegada do técnico Muricy no Rubro-Negro. Questionado sobre o assunto, o lateral foi direto e preferiu não falar muito sobre uma possível vinda do treinador.

"Seria um prazer, todos sabem da qualidade dele. Já ganhou muitos títulos", finalizou Jorge.