Com tranquilidade, Flamengo bate o Confiança e avança na Copa do Brasil

Trio Willian Arão, Mancuello e Marcelo Cirino brilha

Por O Dia

Rio - O poderio e a qualidade rubro-negra prevaleceram. A camisa nem precisou pesar tanto. O Flamengo mostrou que o tropeço no jogo de ida foi uma daquelas zebras que vez por outra dão o ar da graça no futebol. Sob a batuta do trio Willian Arão, Mancuello e Marcelo Cirino, o Fla venceu o Confiança por 3 a 0, nesta quarta-feira, no Raulino de Oliveira, e avançou de fase na Copa do Brasil. Na próxima fase, o Flamengo vai encarar o vencedor do duelo entre Fortaleza e Imperatriz.

Cirino comemora um dos seus golsGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

Muricy Ramalho voltou a utilizar o esquema 4-3-3 e promoveu a estreia de Fernandinho, que entrou no lugar de Alan Patrick. O atacante participou do lance do primeiro gol, mas teve uma atuação com muitos erros e pouca efetividade. O brilho rubro-negro saiu dos pés de Willian Arão, Mancuello e Marcelo Cirino.

Arão participou dos três gols, com destaque para o último, com um lançamento primoroso para Cirino. O atacante marcou duas vezes. Foi o quinto jogo seguido que ele balançou a rede, com seis gols nesta sequência. Mancuello, com cobranças de falta e presença no ataque, também brilhou. O argentino fez o gol que abriu o caminho para a classificação.

O Flamengo agora tem outro jogo decisivo pela frente. No domingo, encara o Vasco pela semifinal do Campeonato Carioca com a obrigação de vencer para chegar à final - o rival tem a vantagem do empate. O clássico será na Arena Amazônia, às 16h.

O jogo

Com a obrigação de vencer, o Flamengo tomou a iniciativa do jogo, mas demorou a se achar ofensivamente. A posse de bola era rubro-negra, mas faltava criar. Fernandinho apanhava da bola. A alternativa foi pelo alto. Willian Arão e Juan quase marcaram. O jogo carioca passou a fluir. Em lance pela esquerda, Guerrero fez o pivô e rolou para Mancuello. O chute de primeira foi pelo alto, com perigo.

Num dos raros acertos de Fernandinho no primeiro tempo, ele inverteu a jogada para Arão. O volante ganhou pelo alto e achou a entrada de Mancuello. O argentino só desviou para o fundo da rede e abriu o placar. Foi o segundo gol do meia com a camisa do Flamengo. O Confiança tentou se soltar um pouco mais e até levou perigo em um cruzamento ou outro.

Flamengo avançou na Copa do BrasilGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

FOTOGALERIA: Fla reverte vantagem e avança na Copa do Brasil

Mancuello, de falta, quase ampliou. O lance lembrou o primeiro gol dele pelo Flamengo, no duelo com o Boavista. Ele novamente buscou o ângulo, mas desta vez o goleiro salvou. O Fla teve 70% da posse de bola, mas faltou criar mais.

O Flamengo voltou com tudo para o segundo tempo. Mancuello, em outra cobrança de falta, acertou o travessão. Depois, após passe de Cirino, ficou cara a cara com Rafael Sandes, mas chutou em cima do goleiro. Na terceira chance de falta, Mancuello parou de novo no goleiro. A pressão rubro-negra deu certo. Mancuello cobrou escanteio, Arão desviou na primeira trave e Cirino, livre no segundo poste, cabeceou para o fundo da rede: 2 a o. Foi o quinto seguido que o atacante faz gol.

A estrela de Cirino brilhou de novo. Willian Arão deu um lançamento primoroso. O atacante, com um toque, driblou o goleiro e completou para o fundo da rede: 3 a 0. Ao dar lugar a Gabriel, na primeira substituição de Muricy Ramalho, Cirino foi ovacionado pela torcida. Outro referenciado ao sair foi Mancuello. Alan Patrick entrou em seu lugar.

Superior, o Flamengo ainda perdeu algumas oportunidades. A classificação, porém, já estava garantida.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 3X0 CONFIANÇA

Estádio: Raulino de Oliveira
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo
Gols: Mancuello (Flamengo, aos 25' do 2ºT) e Marcelo Cirino (Flamengo, aos 9' e 20' do 2ºT)
Cartão amarelo: Laércio e Leandro Kivel (Confiança)
Cartão vermelho: - 

FLAMENGO: Paulo Victor; Rodinei, Juan, Wallace e Jorge; Cuéllar, Willian Arão e Mancuello (Alan Patrick, aos 33' do 2ºT); Fernandinho (Ederson, aos 39' do 2ºT), Marcelo Cirino (Gabriel, aos 30' do 2ºT) e Guerrero; Técnico: Muricy Ramalho.

CONFIANÇA: Rafael Sandes; Lucas Rocha, Valdo, Alex Gomes e Laércio; Hamilton, Flávio (Leandro Kivel, aos 12' do 2ºT), Everton (João Guilherme, aos 22' do 2ºT) e Wallace Pernambucano (Rodrigo Jesus, aos 30' do 2ºT); Tiago Orobó e Danillo Bala; Técnico: Betinho.