Fluminense fará testes para deixar a lanterna do returno

Diretoria busca reforços, mas Eduardo Baptista pode dar chance a Artur e Ygor Nogueira no fim do Brasileiro

Por O Dia

Rio - Enquanto a diretoria trabalha em silêncio no processo de reformulação do Fluminense para 2016, o técnico Eduardo Baptista tenta manter o foco nas últimas rodadas do Brasileiro. Incomodado com o posto de lanterna do returno, ele descarta a possibilidade de antecipar as férias de alguns jogadores, mas admite que pode testar novidades contra Internacional e Figueirense. É o caso dos zagueiros Artur e Ygor Nogueira.

Eduardo Baptista vai mexer na equipe tricolorNelson Perez / Fluminense F.C. / Divulgação

“O foco é terminar o Campeonato Brasileiro jogando bem. Quero observar outros jogadores em algumas posições, isso é importante, e nós temos dois jogos, um que mexe em cima e outro que mexe na parte de baixo da tabela. Então, é responsabilidade”, disse o treinador.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

Nos bastidores, a diretoria monitora possíveis alvos. O volante Rodrigo, em fim de contrato com o Goiás, os apoiadores Felipe Amorim, do América-MG, e Élber, do Sport, além de Alecsandro, do Palmeiras, são alguns dos nomes especulados. Embora tenha contratado quatro zagueiros este ano — Antônio Carlos, João Filipe, Victor Oliveira e Artur —, o Fluminense busca opções para o setor, principalmente pela possibilidade de negociar Marlon na próxima temporada. Desde 2009 nas Laranjeiras, Fred admitiu que a falta de maturidade da equipe influenciou nas oscilações ao longo deste ano.

Apesar da evolução de Marlon, Marcos Junior, Gustavo Scarpa e Gerson, este já de malas prontas rumo à Roma, o capitão destacou a importância de mesclar o grupo com nomes mais rodados na próxima temporada.
Com poucos recursos para investir em contratações de peso, a diretoria aposta na criatividade e no poder de troca de valorizados nomes como Gum, Jean e Cícero para conseguir se reforçar na janela de transferências.