Com aproveitamento de 100%, Fluminense joga de olho na vaga antecipada

Líder isolado do Grupo C da Taça Guanabara com seis pontos, os tricolores podem acabar a rodada com a vaga na semifinal assegurada

Por O Dia

Rio - Se na temporada passada o Fluminense sofreu para conquistar três vitórias seguidas, este ano precisou de apenas três jogos para atingir tal marca. Hoje, motivado com os 100% de aproveitamento, o time encara a Portuguesa, às 19h30, em Los Larios, em busca de mais um triunfo, que, se ocorrer, praticamente garantirá a presença tricolor na semifinal da Taça Guanabara. 

Confira a classificação da Taça Guabanara 

Líder isolado do Grupo C da Taça Guanabara com seis pontos, os tricolores podem acabar a rodada com a vaga na semifinal assegurada caso vença a Portuguesa e o Volta Redonda perca para o Bangu, amanhã, na Cidade do Aço.

Abel Braga teve seu nome cantado pela torcida do Fluminense ao fim do jogoDaniel Castelo Branco / Agência O Dia

A tal da ‘alma’ que o técnico Abel Braga disse que faltava, durante sua apresentação ao clube, está de volta às Laranjeiras. A entrega da equipe tem ficado evidente nos jogos e a qualidade técnica também cresceu, principalmente no meio-campo. O jovem quarteto formado por Orejuela, Douglas, Sornoza e Scarpa deu nova cara ao time, os erros de passe diminuíram e o Fluminense tem conseguido ficar com a posse da bola e dominar os adversários — isso ficou evidente na vitória (3 a 0) sobre o Vasco. 

Já no magro 1 a 0 sobre o Resende, na rodada passada, a atuação não foi tão boa, o que levou Abel Braga a acendeu o sinal de alerta. Segundo o treinador, os erros detectados já foram corrigidos. A expectativa, então, é que o nível volte a subir contra a Lusa. 

“Demos espaços desnecessários no fim do último jogo porque não paramos de atacar. Cortar isso é ruim, mas tento o equilíbrio. Mostrei um vídeo a dois jogadores que estavam muito alto (no ataque)em uma situação de jogo. Porque houve o erro de passe, o contra-ataque e este jogador não conseguiu chegar a tempo. Sorte que o cara errou o cruzamento”, disse Abelão.

Pela segunda partida consecutiva, o Abel não poderá contar com seu goleiro titular. Diego Cavalieri ainda não se recuperou da torção no tornozelo direito sofrida no clássico com o Vasco e, mais uma vez, Júlio César ficará com a vaga de titular. A virada de ano fez muito bem para o Fluminense. O astral mudou com a chegada de Abel, a confiança voltou e, com ela, o apoio da torcida, que voltou a pensar grande em relação á conquista de títulos.