Yanukovytch pede referendos em cada região da Ucrânia

Para presidente ucraniano destituído apenas referendos em toda a Ucrânia poderiam estabilizar a situação política e preservar a soberania e a integridade do país

Por O Dia

Yanukovytch fugiu da Ucrânia em fevereiro e vive, segundo a imprensa, em Moscou.Alexander Nemenov / AFP

MOSCOU - O presidente destituído ucraniano Viktor Yanukovytch pediu nesta sexta-feira a organização de referendos em cada região da Ucrânia para determinar seu status, informou a agência oficial russa ITAR-TASS.

"Como presidente que está com vocês em pensamento e com a alma, peço a cada cidadão razoável da Ucrânia: não deixem que os impostores usem vocês! Exijam a organização de um referendo sobre o status de cada região da Ucrânia", declarou, em um apelo ao povo ucraniano divulgado pela ITAR-TASS.

"Somente referendos em toda a Ucrânia, e não eleições antecipadas, podem estabilizar a situação política e preservar a soberania e a integridade da Ucrânia", completou.

Yanukovytch, que fugiu da Ucrânia em fevereiro e vive, segundo informações da imprensa, nos subúrbios de Moscou, fez as declarações depois que a península da Crimeia aprovou, por ampla maioria em um referendo, sua anexação à Rússia.

Também pediu desligamento do Partido das Regiões, do qual era líder, e que deve definir no sábado uma estratégia para a eleição presidencial de 25 de maio.

O partido reconheceu que deve passar por uma profunda reforma e pretende participar na eleição.

Últimas de _legado_Notícia