Com 157 casos confirmados, CDC sinaliza para surto de zika em Porto Rico

O diretor do centro disse que a ilha precisa de inseticidas mais eficientes e capazes de matar o mosquito Aedes aegypti

Por O Dia

San Juan - O diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos EUA, Tom Frieden, alertou nesta terça-feira que Porto Rico está enfrentando um surto do vírus zika. No momento, o país possui 157 casos confirmados de zika. Seis pessoas foram hospitalizadas e 14 mulheres grávidas estão infectadas.

Frieden disse que a ilha precisa de novos inseticidas que sejam mais eficientes e capazes de matar o mosquito Aedes aegypti, que transmite o vírus. Ele disse que autoridades do CDC estão ajudando a testar nove tipos diferentes de inseticidas com esta finalidade.

O diretor do CDC pediu também para que o Porto Rico crie um programa robusto e de longo prazo de supervisão e controle do mosquito. Segundo ele, milhares de mulheres grávidas provavelmente serão infectadas, dada a densidade populacional da ilha e o costume de ter janelas sem telas.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência