Chuva no México deixa pelo menos seis mortos e vários feridos

Temporal, resultado da chegada de duas frentes frias e de uma tempestade, surpreendeu principalmente a capital do país

Por O Dia

Cidade do México - Pelo menos seis pessoas morreram e várias ficaram feridas em diferentes estados do México devido a uma tempestade que afeta boa parte do país e que mantém sob alerta as autoridades e a população.

As condições meteorológicas adversas também causaram inúmeros danos materiais, com fechamento de estradas e cortes de eletricidade. O temporal, resultado da chegada de duas frentes frias e de uma tempestade, surpreendeu sobretudo a capital do país. Segundo as autoridades mexicanas, quase 400 municípios foram afetados, tendo sido registrados danos em 1.723 casas e a queda de mais de mil árvores, postes ou placas publicitárias.

A Comissão Federal de Eletricidade informou que foram afetados 2,8 milhões de clientes no México, mas já foi restabelecido o serviço a mais de 2 milhões de pessoas.

Por causa do temporal, as autoridades suspenderam as aulas, total ou parcialmente, em estados como Zacatecas, Veracruz, Puebla, Durango, Oaxaca ou Guanajuato. O fechamento das escolas afetou 4,7 milhões de alunos no estado do México e 1,8 milhão na capital.

As autoridades continuam em alerta, depois de a mais recente previsão meteorológica ter sido menos otimista quanto a uma melhoria. O temporal, segundo os meteorologistas, é severo mas relativamente habitual nestas últimas semanas de inverno no México. Em várias regiões do estado de Jalisco, no Noroeste, verificaram-se nevascas históricas. Em Guadalajara, capital do estado, nevou pela primeira vez desde 1997.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência