PMDB tem site invadido por hackers

Página do partido foi hackeada pelo grupo Anonymous Brasil. Mensagem critica ações da polícia. Música de comercial da FIAT é usada em vídeo sobre manifestações

Por O Dia

Rio - O PMDB teve seu site oficial invadido pelo grupo de hackers Anonymous Brasil, no início da madrugada desta terça-feira. Em apoio às manifestações contra o aumento das passagens do transporte público e criticando as ações da polícia durante os protestos, o grupo deixou uma mensagem. Veja:

"A luta da população contra o aumento das passagens de um transporte que se diz público está cada vez maior e mais forte! Mas a única resposta do governo é uma repressão policial mais truculenta e arbitrária a cada ato. As últimas manifestações completamente pacíficas, foram recebidas com bombas e balas de borracha. Ficou claro que a violência parte sempre da polícia.

Eles querem nos calar, nos separar, nos enfraquecer. Mas nós não deixaremos! Ninguém vai nos deter em nosso direito de nos manifestar até a tarifa baixar!", diz o texto.

Página oficial do partido na Internet foi invadida durante a madrugada. Mensagem criticando as ações da polícia foi deixada Reprodução Internet





Além do texto, o Anonymous Brasil publicou na página do partido um vídeo, disponível na conta do grupo (AnonBRNews), no YouTube, onde são vistas cenas das manifestações ocorridas em todo o país, ao som da música "Vem pra rua", usada no comercial da FIAT, em campanha publicitária para a Copa das Confederações.

A manifestação adotou a música "Vem Pra Rua", cantada pelo grupo O Rappa, que diz "vem pra rua porque a rua é a maior arquibancada do Brasil". Em alusão ao evento esportivo que acontece no país, a letra da música ainda pede: "Vem, vamo pra rua. Pode vir que a festa é sua, que o Brasil vai tá gigante, grande como nunca se viu". Veja o vídeo:


Últimas de _legado_Brasil