Síria tem sete dias para evitar ataque

País terá que entregar informações sobre arsenal químico, anunciou secretário de Estado americano

Por O Dia

Genebra (Suiça) - A Síria terá que entregar em uma semana informação sobre seu arsenal de armas químicas para evitar um ataque, anunciou neste sábado o secretário de Estado americano, John Kerry, ao término de três dias de negociações com o ministro de Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov.

Em entrevista coletiva, Kerry explicou que o regime sírio terá que cooperar de forma plena com a comunidade internacional para o desmantelamento de seu arsenal de armas químicas, caso contrário a força poderá ser empregada, conforme o artigo 7 da Carta das Nações Unidas.

Rússia e os EUA chegaram em um acordo sobre arsenal químico sírioEFE

O chanceler russo, no entanto, frisou que "toda ação deve ser aprovada pelo Conselho de Segurança da ONU". Lavrov acrescentou que as reuniões com o chefe da diplomacia americana transcorreram de maneira "excelente". Além disso, antecipou que a Rússia e os Estados Unidos estão comprometidos com a realização o mais rápido possível, provavelmente em outubro, da conferência de paz para a Síria, conhecida como Genebra II.

Lavrov e Kerry concluíram neste sábado três dias de negociações sobre o plano apresentado por Moscou para que o regime sírio entregue as armas químicas que possui para sua posterior destruição, o que evitaria uma intervenção militar americana.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência