Papa Francisco defende as mulheres

Em missa com público recorde de 6 milhões de pessoas, nas Filipinas, ele criticou o machismo na sociedade

Por O Dia

Filipinas - Em missa com público recorde de 6 milhões de pessoas, em Manila, capital das Filipinas, o Papa Francisco elogiou as mulheres e criticou o machismo na sociedade. “Às vezes, somos machistas demais. Não damos espaço às mulheres, mas elas são capazes de ver as coisas por um ângulo diferente do nosso, com um olhar diferente. As mulheres são capazes de fazer perguntas que nós, os homens não conseguimos entender”, declarou o pontífice, que lamentou a escassa presença do público feminino na cerimônia. “As mulheres têm muito o que nos dizer na sociedade de hoje”, completou Francisco.

No evento, a menina Glyzelle Palomar, de 12 anos, deixou o Papa sem resposta ao perguntar: “Muitas crianças acabam se envolvendo com drogas e prostituição. Como Deus pode permitir uma coisa dessas? As crianças não têm culpa de nada.” “Ela foi a única aqui a levantar uma questão para a qual não existe resposta”, lamentou o pontífice.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência