Por bianca.lobianco

Rio - Em sessão extraordinária, a Assembléia Legislativa do Rio (Alerj) acaba de anistiar administrativamente os bombeiros e policiais militares envolvidos nos movimentos reivindicatórios ocorridos entre janeiro e março de 2012. O indulto, tema do projeto de lei 1.453/12, foi assinado por 67 deputados da Casa e segue para o governador Sérgio Cabral, que, segundo o presidente da Casa, deputado Paulo Melo (PMDB), se comprometeu a sancionar a medida.

Você pode gostar