Jovem tem perna amputada após ser atropelado por trem em Deodoro

Ele e outro homem teriam sido atingidos por trem de serviço perto da Favela do Muquiço

Por O Dia

Rio - Dois homens foram atropelados por um trem de serviço da SuperVia, em Deodoro, na Zona Oeste. O caso aconteceu há uma semana, mas só foi divulgado nesta segunda-feira. Ewerton Ricardo da Silva, 18 anos, teve a perna amputada. Rodrigo Ramon dos Santos de Souza, 17 anos, também foi atingido. Os dois foram socorridos e levados para Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, Rodrigo foi atendido e já recebeu alta. Já Ewerton deu entrada na unidade em estado crítico e logo passou por cirurgia. Ele também foi submetido a exames de tomografia computadorizada de crânio, tórax e abdômen, além de ter sido avaliado por equipes de neurocirurgia, ortopedia e bucomaxilofacial. Ele segue internado em leito de enfermaria, após ter tido alta da UTI. Seu estado de saúde é estável.

De acordo com a SuperVia, os passageiros estavam na via férrea a cerca de 700 metros da estação de Deodoro quando foram atingidas por um trem de serviço, por volta das 16h do dia 10. O Corpo de Bombeiros foi acionado e encaminhou as vítimas para o Carlos Chagas. 

Segundo a empresa, o trecho, sem muros de isolamento da linha, é próximo à Favela do Muquiço, em Deodoro, e é constante a presença de pessoas na via férrea. A concessionária disse que espera uma rápida solução do poder público para isolamento completo da via.

As investigações do caso estão a cargo da 33ª DP (Realengo). De acordo com a Polícia Civil, parentes das vítimas e funcionários da SuperVia irão prestar depoimento e a unidade aguarda alta médica dos feridos para que possam ser ouvidos.

O resultado do laudo da perícia também é aguardado e as imagens de câmeras de segurança foram solicitadas à concessionária. Agentes realizam diligências na busca por informações que possam ajudar no caso.

Últimas de Rio De Janeiro