Bueiros têm vistoria com alta tecnologia

Robô está sendo testado na cidade

Por O Dia

Rio - Para evitar quebrar ruas e otimizar os trabalhos de limpeza de galerias de águas pluviais, a Secretaria Municipal de Conservação está realizando inspeções experimentais em bueiros com um aparelho similar a um robô que filma os subterrâneos, conforme adiantou, nesta sexta-feira, o Informe do DIA.

O recurso tecnológico capta imagens detectando trechos com detritos e entupimentos, entre outros problemas que causam inundações. O Catete foi a área escolhida para o diagnóstico, devido aos recentes alagamentos, segundo o órgão.

Equipamento busca pontos de obstrução em galerias subterrâneas Divulgação

Segundo a secretaria, o robô extingue a necessidade do serviço de sondagem: ao detectar a área que apresenta problemas, evita a quebra de vias públicas. Atualmente, os serviços de limpeza de bueiros são feitos dessa forma, quando, muitas vezes, as equipes têm de procurar os pontos com detritos presos às galerias interditando as vias públicas.

Por enquanto, o aparelho, da empresa Dimensional, está sendo apenas testado. não houve compra, nem contratação. No entanto, a secretaria já estuda incorporar os serviços de vídeo inspeção aos contratos anuais de conservação da cidade.

“Precisamos saber o quanto isso vai custar para fazer com que ele se torne uma prática cotidiana. O fato de não precisarmos rasgar o asfalto para realizar sondagens já mostra o quão vantajoso é o serviço. Cidades inteligentes precisam contar com todas as ferramentas tecnológicas”, declarou o secretário municipal de Conservação, Marcus Belchior.

Últimas de _legado_O Dia 24 Horas