Polícia prende suspeito de chefiar bocas de fumo no Complexo da Penha

Conhecido como Siri, homem seria responsável por distribuir drogas em comunidade

Por O Dia

Rio - Apontado como responsável pela distribuição de drogas e gerenciamento das bocas de fumo no Complexo da Penha, Marcelo do Nascimento Veríssimo, conhecido como Siri, de 38 anos, foi preso nesta sexta-feira após uma operação conjunto entre policiais civis e militares. Contra ele, que foi capturado na Vila Cruzeiro, foram cumpridos dois mandados de prisão por tráfico de drogas, expedidos pela Justiça.

Segundo o delegado Reginaldo Guilherme, titular da 22ª DP, Siri é integrante da mesma quadrilha de Fabiano Atanazio, o FB e de Bruno da Silva Procópio, vulgo Piná. O primeiro foi capturado em 2012, quando estava em São Paulo. O outro foi capturado em abril de 2014 passando alguns dias em uma casa de luxo em Búzios, na Região dos Lagos.

“Ele (Siri) é um dos homens fortes na quadrilha. Temos a informação de que ele seria responsável por toda distribuição de drogas no Complexo da Penha”, ressaltou o delegado Reginaldo Guilherme, garantindo que ainda há outras prisões para serem efetuadas.

Ainda de acordo com o policial, chegou a informação de que Siri estaria em na casa da namorada na Estrada José Rucas, na Vila Cruzeiro. O criminoso é ligado a facção Comando Vermelho (CV). “Passamos a informação para os colegas da UPP, que o prendeu. Foi uma ação conjunta”, disse Reginaldo Guilherme.

Últimas de Rio De Janeiro