Apoio financeiro da prefeitura para Grupo Especial está garantido em 2017

Secretaria de Turismo pagará a subvenção de R$ 24 milhões até o fim de dezembro — cada uma das 12 agremiações terá direito a R$ 2 milhões, como ocorreu este ano

Por gabriela.mattos

Rio - O apoio financeiro da prefeitura para o desfile das escolas de samba do Grupo Especial está garantido para o Carnaval do ano que vem. A Secretaria de Turismo (Riotur) pagará a subvenção de R$ 24 milhões até o fim de dezembro — cada uma das 12 agremiações terá direito a R$ 2 milhões, como ocorreu este ano.

A operação será diferente da realizada para o desfile de 2016, quando as escolas receberam a maior parte do dinheiro em dezembro de 2015 e o restante em parcelas nos primeiros meses do ano corrente. Já a subvenção para o Carnaval de 2018 está em aberto: caberá ao futuro prefeito decidir se mantém o apoio e definir os valores.

Promessas

Os candidatos Marcelo Crivella (PRB) e Marcelo Freixo (Psol) dizem não ter decidido um valor para o apoio às escolas. Ambos, porém, prometem manter a subvenção e “ampliar investimentos no Carnaval”.

Pesquisa Ibope

Eduardo Paes parece ter mais facilidade de transferir votos para Freixo do que para Pedro Paulo, derrotado no 1º turno. Foi só o prefeito posar com adesivo do candidato do Psol que a migração de votos do PMDB para Freixo aumentou e, para Crivella, caiu.

Explicação

Outro fator é a chegada, na campanha de Freixo, de marqueteiros que já trabalharam para o PMDB. Foram eles que aconselharam o psolista a ser mais agressivo. Nos bastidores, chegou-se a comentar que Renato Pereira, responsável pela campanha de Pedro Paulo, teria conversado com o candidato do Psol. A assessoria de Freixo nega a informação.

Cautela

A prisão de Cunha foi comemorada por petistas e aliados, mas também acendeu a luz vermelha: “Espero que o (juiz) Sérgio Moro não tenha feito isso apenas para viabilizar a prisão do Lula futuramente. Contra Cunha há provas; contra Lula, convicção. É diferente”, diz Jandira Feghali (PCdoB).

De volta para o petróleo

Comenta-se no mercado que um dos três grupos interessados no leilão bilionário da BR Distribuidora quer contratar Wagner Victer para, em caso de arremate, assumir a presidência da BR, hoje uma subsidiária da Petrobras. Atual secretário estadual de Educação, Victer é engenheiro de carreira da estatal. 

Voos no Sul do estado

Uma das prioridades do futuro prefeito de Resende, Diogo Balieiro (PSD), é a retomada de voos regulares do aeroporto municipal para Rio e São Paulo. Diz, ainda, que reduzirá o número de secretarias pela metade: de 20 para 10.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia