Maricá suspende festa de São Jorge

Decisão foi após morte por febre amarela confirmada no município

Por O Dia

Rio - A festa de São Jorge no bairro Espraiado, em Maricá, foi cancelada por recomendação da Secretaria Estadual de Saúde (SES) após a morte de um morador do distrito vizinho de Bananal por febre amarela silvestre. O feriado de Tiradentes foi de reforço na vacinação nos bairros rurais de Espraiado, Bananal, Manoel Ribeiro, Marinelândia e Guaratiba. Sete equipes percorreram a região de bloqueio, de casa em casa. A ação continua hoje, quando o posto central também funcionará. Nos demais postos, a vacinação será retomada na segunda-feira.

Mais de 7 mil doses da vacina já foram aplicadas desde quarta-feira, quando foi anunciada a morte de um morador do bairro Bananal por suspeita de febre amarela —o exame foi confirmado na quinta-feira. Moradores relatam que as pessoas chegam cedo nas unidades de saúde e muitos saem sem vacina. “Meu neto tem alergia a ovo e não pode tomar a injeção, minha filha está apavorada. O que eu tenho feito é usar muito repelente”, contou a secretária Aguisol Costa, de 46 anos.

De acordo com a prefeitura, o município recebeu ontem mais 20 mil doses, totalizando 40 mil recebidas desde o dia 18, e está prevista para a próxima semana a remessa de outras 50 mil vacinas. Os municípios vizinhos de Itaboraí e Saquarema também vão receber reforço na quantidade de doses, especialmente para as zonas de divisa com Maricá. Segundo a SES, São Gonçalo e Niterói também têm uma nova remessa de vacinas à disposição.

Da estagiária Alessandra Monnerat, com supervisão de Rosayne Macedo

Últimas de Rio De Janeiro