Suspeito de chefiar tráfico no Morro do Tuiuti é indiciado também por homicídio

Ele foi preso nesta terça-feira e também foi indiciado por uma morte ocorrida em março deste ano

Por O Dia

Ele é apontado como chefe do tráfico do Morro do TuiutiDivulgação

Rio - Apontado como chefe do tráfico do Morro do Tuiuti, em Benfica, na Zona Norte do Rio, Marcelo Ricardo Pereira, conhecido como 'Boto', teve sua prisão cautelar determinada nesta quarta-feira. Ele havia sido preso na tarde desta terça-feira, considerado como um dos responsáveis pela 'caixinha' de uma facção que domina diversas favelas do estado.

Ele foi indiciado e preso pela Delegacia de Homicídios da Capital (DH/Capital) pelo homicídio de Clayton de Andrade Ferreira, 27, cujo corpo foi encontrado decapitado e parcialmente carbonizado na noite do dia 15 de março deste ano, em São Cristóvão, entre as favelas da Mangueira e do Tuiuti, no porta malas de um veículo roubado.

Segundo a Polícia Civil, ele também figura na investigação da 38ª (Irajá) referente a guerra de facções que disputam o controle da venda de entorpecentes na Cidade Alta, em Cordovil. Boto vai responder por tráfico de drogas e associação ao tráfico.

Últimas de Rio De Janeiro