Vigilante morre e outro fica ferido em assalto no Terminal de Niterói

Seguranças iriam abastecer caixas eletrônicos quando foram surpreendidos pelos criminosos

Por O Dia

Rio - Um vigilante morreu e outro ficou ferido em troca de tiros no Terminal Rodoviário João Goulart, na manhã deste sábado, em Niterói, na Região Metropolitana. Bandidos armados tentaram assaltar um carro-forte que iriam abastecer caixas eletrônicos localizados no Terminal. Os seguranças reagiram e houve tiroteio. Francismar Marques Bezerra, de 37 anos, morreu no local e Carlos Roberto de Oliveira, de 25, foi socorrido e levado para o Complexo Hospitalar de Niterói. De acordo com o hospital, ele sofreu fratura no crânio e hemorragia, mas seu estado de saúde é considerado estável. 

Veículo usado pelos criminosos na açãoBernardo Costa / Agência O Dia

Os bandidos fugiram pela Avenida Feliciano Sodré e bateram em um ônibus em frente à Rodoviária de Niterói. Apesar da colisão, eles conseguiram escapar. Em nota, a PM informou que policiais do 12º BPM (Niterói) fazem buscas pelos criminosos. Eles teriam fugido em direção à Alameda São Boaventura. O veículo usado pela quadrilha, um Mitsubishi Outlander, foi abandonado na Covanca, em São Gonçalo. Um suspeito foi preso.

"A ousadia dos bandidos é muito grande. O Terminal Rodoviário é um local de grande movimentação de pessoas. Poderia ter acontecido uma tragédia ainda maior", destacou Leandro Santiago, presidente do Conselho Comunitário de Segurança de Niterói.

Carro-forte que foi alvo dos bandidosBernardo Costa / Agência O Dia

Consulta popular

Neste domingo, niteroienses vão às urnas para decidir se a Guarda Municipal da cidade poderá usar armas de fogo em serviço. A prefeitura reuniu as zonas eleitorais em 49 pontos de votação para que os moradores possam votar perto de casa, evitando longos deslocamentos. O site www.decideniteroi.com.br ajuda os moradores a conhecer o local de votação.

As urnas estarão abertas das 8h às 17h e, na votação, serão usadas cédulas de papel onde o eleitor deverá assinalar “sim” ou “não” para a pergunta: “Você é a favor do uso de armas de fogo pela Guarda Municipal de Niterói?”  Se a maioria simples dos consultados se manifestar favoravelmente à questão, a medida será adotada na cidade de acordo com a política de segurança pública em vigor.

Últimas de Rio De Janeiro