Suspeito de matar comandante do batalhão do Méier é preso

Homem será encaminhado para a Delegacia de Homicídios

Por O Dia

Rio - Um dos suspeitos de matar o comandante do 3º BPM (Méier), coronel Luiz Gustavo Teixeira, 48 anos, foi preso na tarde desta segunda-feira. Segundo a Polícia Militar, o homem foi detido no Complexo do Lins, na Zona Norte do Rio, e será encaminhado para a Delegacia de Homicídios (DH/Capital). O suspeito, de 24 anos, foi capturado por policiais do próprio 3º BPM.

Luiz Gustavo foi assassinado a tiros dentro de uma viatura descaracterizada, no útima quinta-feira, na Rua Lins de Vasconcelos, esquina com a Rua Hermengarda, no Méier. Ele chegou a ser levado para o Hospital Municipal Salgado Filho, mas já chegou morto à unidade. 

Outro PM também ficou ferido na ação. O cabo Nei Filho, que dirigia o veículo, foi ferido na perna.  Ela foi operado no Salgado Filho e depois foi transferido para o Hospital da Polícia Militar, no Estácio.


Últimas de Rio De Janeiro