PEQUENO ILUMINADO O Dia - Automania no ar
01 de janeiro de 1970
  • WhatsApp (21) 98762-8248

PEQUENO ILUMINADO

Por O Dia

Citroën C3 2018 automático
Citroën C3 2018 automático - Divulgação

O Citroen C3 é um destes carros que trafega em faixa exclusiva no mercado dos hatchs compactos. A marca se esmerou em definir pontos que são só dele, como o para-brisa Zenith que, com 1.35 m invade a capota, confere luminosidade e excepcional visibilidade frontal. A sensação é de estar dentro de um cockpit, com o céu e a lua sobre sua cabeça. Outro ponto forte é o acabamento superior, a linha de cintura lateral e o conjunto ótico, com LED diurno na frente, que faz do C3 um carro muito bonito.

Na repaginada que a marca deu, o maior destaque, é claro, é o câmbio automático de seis marchas, que elevou a desenvoltura e a economia de combustível proporcionadas pelo ótimo motor 1.6 16V de 118 cv do compacto. Elogios também ao silêncio interior e ao conjunto de suspensão macio e sem a reação dura dos C3 mais antigos.

E só.

Mesmo com o câmbio novo, que sepultou o claudicante 4 marchas da versão anterior, faltam as aletas para trocas sequenciais mais ágeis atrás do volante, que estavam no quatro marchas. Estas trocas no modelo 2018 são possíveis na manopla do câmbio.

Na volta de 486 quilômetros que demos em várias condições de uso, percebemos um consumo médio de 9,2 km por litro, que melhorou em relação ao antigo quatro marchas, mas ainda não é brilhante.

Por outro lado, a direção elétrica dá conforto e firmeza nas altas velocidades. Aproximação e saída de curvas é feita com leve rolling na traseira.

Apesar do acabamento e das soluções únicas da cabine, a ergonomia do hatch não é boa. O projeto já foi renovado na Europa mas, diante das vendas limitadas, vai demorar a chegar por aqui. Faltam porta-objetos inteligentes na cabine. Sob os comandos do ar-condicionado digital, há um porta objetos que abriga um celular até a primeira curva. Dali ele cai fácil no chão do carro. No console os espaços também são rasos demais. Os botões da tela multimídia de 7 pol. ficam distantes e exigem perda de atenção do motorista ao manuseá-los. O sistema é sensível ao toque, mas não traz GPS, como alguns concorrentes. Como vantagem, o C3 vem com sensores de chuva e crepuscular, avisos de velocidade máxima e apoios de braço para os dois ocupantes da frente. Já os de trás, se forem mais altos, viajam apertados. O porta malas é regular, com seus 300 litros de capacidade. O preço do C3 Auto 6M é de R$65,5 mil.