Carnaval de rua: Blocos tomam conta da cidade

Imprensa Que Eu Gamo, Banda de Ipanema e Desliga da Justiça saíram neste sábado; a ciclovia da Lagoa virou baile com o Spanta Neném

Por O Dia

Rio - Este sábado foi dia de blocos de Carnaval espalhados pela cidade. A folia começou cedo com o Desliga da Justiça, às 8h, na Praça Santos Dumont, na Gávea. Duas horas depois, a ciclovia da Lagoa virou um baile com a agitação do Spanta Neném. No início da tarde, por volta de 15h, a rua das Laranjeiras fechou para a passagem do Imprensa que Eu Gamo. No bloco, os foliões aderiram a última moda em fantasias, como as amigas Ingrid Menezes e Letícia Carvalho, ambas de 22 anos, que estavam de unicórnio. “Seres místicos estão na moda para este Carnaval”, conta uma delas, complementando que a dupla fez a própria fantasia.

Amigas Ingrid e Letícia fantasiadas de unicórnioSandro Vox / Agência O Dia

Questionadas sobre o medo da onda de violência na cidade, as jovens mudaram alguns hábitos. “Não trouxemos o celular hoje, e o dinheiro fica bem escondido dentro das roupas”, revelaram.

Casal Marcos e Helen (à esq.) quer acostumar a filha%2C Nina Flor%2C com o Carnaval desde cedoSandro Vox / Agência O Dia

Quem também estava “curtindo” o Carnaval de rua era a pequena Nina Flor, de apenas três meses, acompanhada dos pais Marcos Quintal, 40 e Helen Janata, 37. “Fomos criados nos blocos. Eles já são um patrimônio da nossa cidade e queremos passar isso para ela”, contou o pai da menina.

Pela tarde, foi a vez da Banda de Ipanema, além do Nem Muda nem Sai de Cima, este no Maracanã. Na Zona Norte saiu a Banda da Praia da Bica, na Ilha; e na Zona Portuária/Centro os blocos Fala Meu Louro e Cordão da Prata Preta.