'Sou capaz de amar independente da cor', diz Lica Oliveira

Atriz que vive Dulce na novela 'Em Família' fala sobre preconceito

Por O Dia

'A questão é o amor. Sou capaz de amar independentemente da cor'%2C diz Lica OliveiraDivulgação

Rio - Como a professora universitária Dulce de ‘Em Família’, Lica Oliveira coloca em questão dois temas polêmicos na trama: adoção e racismo. Seu filho adotivo, o rebelde André (Bruno Gissoni), namorado de Luiza (Bruna Marquezine), nunca aceitou o fato de ter sido rejeitado por seus pais biológicos e acredita que a diferença de cor da pele entre ele e a mãe deixa ainda mais claro que foi adotado.

“A Dulce tem um segredo que eu ainda não desvendei. Não está claro por que ela adotou o André. Vejo a personagem como uma mulher desprendida, altruísta, que gosta de ajudar, que gosta de pessoas. E, apesar de ser bacana, ela não conseguiu conquistar o filho. Acredito que a questão da rejeição dos pais (de André) é mais forte do que a questão da cor da pele”, pontua Lica, que não teria qualquer problema em adotar uma criança branca. “Claro que adotaria. Branca, japonesa, índia. A questão é o amor. Sou capaz de amar independentemente da cor.”

E a vida real comprova isso: Lica gosta de gente. Em casa, ela é mãe de Tobias, de 15 anos, e tem seis enteados, com idades de 11 a 21 anos, filhos do seu marido, o médico Jefferson Louback. Antes de se tornar atriz e mãe, Eliani, como era conhecida, foi jogadora da Seleção Brasileira de Vôlei, viajou o mundo e conheceu muitas pessoas. Além de ter passado por clubes no Brasil, Itália e República Tcheca, Lica, que era meio de rede, atuou pela seleção principal em duas Olimpíadas — de Los Angeles, em 1984, e de Seul, em 1988. E mais: já como ex-atleta, formou-se em jornalismo e virou apresentadora do ‘Globo Esporte’, de 2004 a 2007.

“O fato de ter sido atleta me ajuda muito hoje, na questão de relacionamento interpessoal e na disciplina com o meu corpo. Fiz muitos amigos e mantenho contato com eles até hoje pelas redes sociais”, garante.

Últimas de Televisão