Sem Messi, Barcelona sofre para vencer o Bayer Leverkusen por 2 a 1 em casa

Com atuação fraca, Barça sai atrás no placar e só consegue a virada no segundo tempo com Sergi Roberto e Suárez

Por O Dia

Espanha - No primeiro jogo após a lesão do argentino Lionel Messi, o Barcelona sofreu bem mais que o esperado nesta terça-feira, mas venceu de virada o Bayer Leverkusen por 2 a 1, no estádio Camp Nou, pela segunda rodada do grupo E da Liga dos Campeões da Europa, que ainda teve o BATE Borisov superando a Roma.

Os dois gols do time catalão saíram apenas nos dez últimos minutos do duelo, primeiro com o meia Sergi Roberto, aos 35 da etapa final, e dois minutos depois com o atacante uruguaio Luis Suárez, em linda finalização da entrada da área. Bem antes disso, aos 22 do primeiro tempo, o zagueiro grego Kyriakos Papadopoulos havia marcado de cabeça, abrindo o placar.

Apesar de jogar mal%2C o Barcelona conseguiu a virada com gols de Sergi Roberto e SuárezEfe

Pouco depois do retorno do intervalo, o atacante mexicano Chicharito Hernández teve chance espetacular de fazer 2 a 0 na casa do adversário, mas finalizou muito mal, por dentro da área. O chute bisonho, da entrada da área, deve ter irritado o técnico alemão Roger Schmidt, que substituiu o ex-Manchester United e Real Madrid, apenas cinco minutos passados do lance.

Para o Barcelona, se Messi já estava fora por casa de lesão no joelho direito sofrida no último sábado, que o pode afastar do gramado por dois meses, e Rafinha seguirá afastado por muito tempo, por grave problema físico, o sinal de alerta soou novamente, por causa da saida de Andrés Iniesta por contusão na coxa direita. O meia espanhol deixou o gramado aos 15 minutos do segundo tempo, dando lugar para o lateral-esquerdo Jordi Alba, que foi bem, inclusive participando do primeiro gol 'blaugrana'.

Neymar atuou durante os 90 minutos%2C mas não teve boa atuação e foi apenas discretoEfe

Neymar, de quem se esperava muito, como "substituto" de Messi, teve atuação ruim, apesar das inúmeras tentativas de construir chances de gol. Outros brasileiros em campo foram Daniel Alves, no Barça, e Wendell, no Bayer Leverkusen. O lateral-direito Douglas e o zagueiro André Ramalho não saíram do banco no time espanhol e alemão, respectivamente.

Em Belarus, o BATE Borisov teve 30 minutos espetaculares, surpreendeu venceu a Roma, que teve Maicon e Leandro Castán por 90 minutos na reserva, por 3 a 2, passando a dividir a vice-liderança com o Bayer Leverkusen, atrás apenas do Barcelona. O meia Igor Stasevich abriu o placar aos 8 minutos do primeiro tempo, e o lateral-esquerdo Filip Mladenovic ampliou, marcando aos 12 e 30 da etapa inicial.

No segundo tempo, o atacante marfinense Gervinho anotou o seu aos 21, e o lateral grego Vasilis Torosidis deu números finais ao placar aos 37. A próxima rodada da chave acontecerá no dia 20 de outubro, com o Barça visitando o BATE, e o Bayer Leverkusen defendendo a liderança isolada, em casa, contra a lanterna Roma.

Últimas de Esporte