Como 'garçom', Wellington Paulista diz que pode ser mais que um centroavante

Além do passe para o gol de Cícero na vitória do Fluminense sobre o Figueirense, atacante também deu assistência para Marcos Junior marcar no triunfo contra o Gremio

Por O Dia

Rio - Wellington Silva pode ser a esperança das assistências no ataque do Fluminense. Após outro passe muito importante, que resultou no gol de Cícero na vitória do Tricolor sobre o Figueirense, no último domingo, o jogador afirmou que pode ser muito útil ao time.

"Em cada jogo que eu entro tento fazer o melhor para o Fluminense. E no Maracanã eu consegui participar em dois gols importantes. Estou buscando o meu espaço, seja com gols ou assistências. O importante é ajudar o nosso time", afirmou. 

Wellington Paulista aposta na versatilidade para ajudar o FluminenseUanderson Fernandes / Agência O Dia

Além de centroavante, Wellington Paulista acredita que pode fazer mais e atuar como um garçom. Enquanto esteve em campo, o jogador, que chegou há pouco tempo nas Laranjeiras, já deu duas assistências, que acabaram em gols. A outra foi na vitória sobre o Grêmio, quando ele deu passe para Marcos Junior.

"Antigamente eu jogava mais como centroavante. Depois passei a atuar mais pelos cantos. Gosto de estar com a bola nos pés, de dar assistências, fazer cruzamentos. Consigo me realizar também atuando na ponta", acrescentou.

Apesar de lamentar os tropeços passados, que fizeram o Tricolor cair na tabela, o atacante exaltou as duas últimas vitórias, necessárias para o time voltar ao G-4 do Campeonato Brasileiro: "Projetamos coisas grandes. Sabemos que não fomos bem contra Inter e Avaí, mas vencer o Figueirense foi importante para voltar ao G4".