Pierre sonha com título da Copa do Brasil, mas quer Flu cauteloso contra o Timão

Fluminense e Corinthians se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h45

Por O Dia

Rio - Não teve tempo de descanso. A vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio, fora de casa, acendeu um sinal positivo no Fluminense. O time, que agora se vê na briga por uma vaga no G-4, voltou a treinar já na manhã desta segunda-feira, nas Laranjeiras. Mas o foco, desta vez, é outro: a Copa do Brasil. Já de olho no confronto contra o Corinthians, Pierre destacou a importância de manter a regularidade e de fazer um bom jogo contra o Timão.

"A maioria das equipes no Brasileiro oscila devido à dificuldade, adversários difíceis que encontramos ao longo da competição. Se a gente pensa grande, temos de diminuir nossos erros, encaixar duas ou três vitórias consecutivas para entrar na briga pelo G-4. A equipe vem tendo uma boa postura. Tivemos chances de fazer mais gols contra o Grêmio. Claro que o respeito diante do Corinthians sempre existe. É jogo de classificação, queremos avançar de fase, sonhar com o título. Vamos com cautela, mas tentando fazer um bom jogo", disse Pierre, que completou:

Pierre falou sobre a expectativa para os confrontos com o CorinthiansDivulgação

"Na competição de pontos corridos ainda há espaço para recuperação em caso de derrota. Se jogarmos mal em São Paulo, não teremos outra chance. A atenção tem que ser muito acima, margem de erro zero."

Fluminense e Corinthians se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h45, em São Paulo, pelo jogo de volta da Copa do Brasil. Para se classificar, o time carioca precisa de uma vitória simples, ou um empate maior que 2 a 2. O confronto também poderá servir de 'inspiração' para o próprio Campeonato Brasileiro. Na próxima rodada, o Tricolor tem pela frente justamente o Timão.

"Difícil, né? Mesmo o Corinthians não vivendo um momento tão bom, saída de treinador, torcida pegando no pé... Sabemos que a dificuldade é enorme. A competição proporciona isso. Nosso resultado em casa não foi tão bom, levamos um gol. Agora a postura tem de ser outra. Temos que focar apenas na Copa do Brasil e esquecer do Brasileiro", concluiu Pierre.