Queda de rendimento do Fluminense no Brasileirão deixa a torcida preocupada

Como aconteceu em quatro dos últimos cinco anos, a equipe tricolor perde fôlego no returno da competição nacional e se aproxima da zona da degola

Por O Dia

Rio - A apenas quatro pontos da zona de rebaixamento, o Fluminense ligou o sinal de alerta. Ao contrário do bom início de Campeonato Brasileiro, o time de Abel Braga patina no returno com uma das piores campanhas: somente cinco pontos somados em cinco rodadas. Uma queda no desempenho que não chega a surpreender levando-se em consideração os últimos anos e deixa os torcedores preocupados.

O time de Abel soma somente cinco pontos dos 15 que disputou no returno do BrasileiroNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

Com apenas 33,3% de aproveitamento no returno do Brasileiro, o Fluminense viu o desempenho despencar. Nas cinco primeiras rodadas, era de 66,6%, com a mesma sequência de adversários de agora. Se no primeiro turno foram três vitórias (Santos, Atlético-MG e Vitória), um empate (Atlético-PR) e uma derrota (Vasco), o Tricolor somou apenas metade dos pontos no returno, com um triunfo e duas derrotas.

A queda no rendimento não é novidade no clube. Nos últimos cinco Brasileiros, somente uma vez o Fluminense pontuou mais na segunda parte da competição. Foi em 2014, com um ponto de diferença (31 contra 30).

Nas duas últimas temporadas, quando ficou na parte de baixo da tabela, a situação foi pior. Em 2015, o Fluminense se salvou do rebaixamento graças aos 33 pontos no turno. Porque, no returno, o Tricolor só somou 14. No ano passado, a diferença foi menor (28 a 22), mas o time terminou o campeonato sem vencer nas últimas dez rodadas.

Como em 2017 fez 26 pontos no turno, a equipe de Abel não pode se dar ao luxo de repetir os desempenhos anteriores."A gente tem que fazer mais. As rodadas passam e a gente não sai dessa posição. E o pessoal de baixo vem se aproximando. Temos nos afastado de onde queremos estar", advertiu Abel.