Doações para o Haiti ficam em 12%

Por enquanto, só há US$ 15 milhões dos US$ 120 milhões que a ONU considera necessários

Por O Dia

Porto Príncipe - A Organização das Nações Unidas lamentou nesta terça-feira a resposta “pobre” dada pelos doadores ao seu pedido de recursos emergenciais para o Haiti após a passagem do Furacão Matthew. Por enquanto, só há US$ 15 milhões dos US$ 120 milhões que considera necessários.

Dia 10, a ONU solicitou essa quantidade para auxiliar por três meses 750 mil pessoas gravemente atingidas pela catástrofe. “Existe uma carência crítica de fundos”, indicou o porta-voz Stéphane Dujarric. A ONU voltou a dizer que são grandes as necessidades humanitárias no Haiti, onde ainda existem áreas de difícil acesso.

Mais de 175 mil pessoas estão vivendo em 224 refúgios temporários e 116 mil crianças estão sem aula. Além disso, mais de 1,2 milhão — incluindo 500 mil menores — precisa de água potável e saneamento para prevenir doenças como a cólera. O país recebeu carregamentos de pastilhas para purificar água para 475 mil pessoas. Matthew deixou 540 mortos, 128 desaparecidos e 175 mil deslocados. 

Últimas de _legado_Mundo e Ciência