COE e Bope fazem operações nos morros do Juramento e Juramentinho

Ação visa combater o tráfico de drogas nas comunidades. Não há informações de tiroteio, presos ou apreensões

Por O Dia

Rio - Policiais do Comando de Operações Especiais (COE) e do Batalhão de Operações Especiais (Bope) realizam, desde as 6h desta terça-feira, operações nos morros do Juramento e Juramentinho, em Tomás Coelho e Vicente de Carvalho, na Zona Norte da cidade.

O objetivo da ação é coibir o tráfico de drogas na região. Ainda não há informações de tiroteio, presos ou apreensões nas regiões. Policias do COE, com os batalhões de Choque (BPCHq) e de Ações com Cães (BAC) atuam no Juramento, enquanto o Bope está na comunidade do Juramentinho. 

No final de fevereiro, policiais da 27ª DP (Vicente de Carvalho) prenderam Douglas Eraquiel de Araújo, conhecido como Orelha do Juramento, 24 anos, apontado como o chefe do tráfico de drogas das comunidades do Juramento e Juramentinho.

Ele, que vinha sendo monitorado pelos agentes, foi capturado em Bonsucesso quando se deslocava do Morro do Juramentinho para a casa de sua namorada. Segundo as informações, o traficante tinha receio de ser capturado no interior da comunidade, e costumava deixar o local de madrugada e retornar no final da tarde. Contra o criminoso havia um mandado de prisão preventiva pelos crimes de tráfico, roubo e porte ilegal de armas.

A domínio do tráfico na região também tem sido desejado pelo traficante Celso Pinheiro Pimenta, o 'Playboy', que tentou invadir as favelas em janeiro, provando uma guerra sangrenta com os traficantes locais. O Disque-Denúncia oferece recompensa de R$ 50 mil por informações que levem a captura de Playboy. 

Últimas de Rio De Janeiro