Achado no Rio idoso que desapareceu após dar entrada em hospital de Niterói

Irandy Ferreira de Olibeira, 82 anos, recebeu alta do Hospital Azevedo Lima e foi andando para casa, mas se acidentou no meio do caminho e foi trazido para o Hospital Souza Aguiar

Por O Dia

Irandy foi encontrado no Souza AguiarReprodução

Rio - Familiares de Irandy Ferreira de Oliveira, de 82 anos, conseguiram achar o idoso que desapareceu, após receber alta médica do Hospital Estadual Azevedo Lima, em Niterói. Sua irmã, Lurdes Ferreira, o encontrou, na noite desta quinta-feira, no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio, que fica a aproximadamente 26 quilômetros de distância da unidade de saúde onde ela o havia deixado.

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde disse que Irandy havia recebido alta, com a orientação de buscar acompanhamento de um neurologista. "Ao ser informado de que seria liberado na presença de um familiar ou responsável, o paciente relatou que mora sozinho e que encontrava-se em plenas condições de ir embora por conta própria", afirmou a secretaria, no comunicado.

Após sair do hospital, Irandy foi caminhando pela Alameda SãO Boaventura em direção à sua casa, mas acabou se acidentando, no meio do caminho. "Ele escorregu na lama e bateu de cara no chão perto da Ponte Rio-Niterói", relatou sua irmã. O idoso foi socorrido pelos bombeiros e trazido ao hospital do Rio, onde recebeu atendimento. "Uma assistente social me telefonou pouco antes de 1h da manhã para me dizer que meu irmão estava lá no Souza Aguiar", completou Lurdes.

LEIA: Idoso desaparece após dar entrada no Hospital Azevedo Lima

Irandy já foi liberado do Souza Aguiar e, na manhã deste sábado, seguirá a recomendação do médico que o atendeu no Azevedo Lima. Ele vai fazer exames neurológicos. "Graças a Deus deu tudo certo e encontrei meu irmão", comemorou Lurdes. Segundo ela, no tombo, Irandy "ficou apenas com dois galos enormes na testa".

Últimas de Rio De Janeiro