Patinadora é esfaqueada durante assalto na Zona Norte do Rio

A jovem saía de um treino de sua equipe, por volta das 22h, no entorno do estádio do Maracanã

Por O Dia

Rio - As patinadoras Larissa Bentes, 26 anos, e Estella Pinto, 29, voltavam para casa depois de um treino, nesta quinta-feira, quando foram atacadas por três jovens, por volta das 22h30, na entrada da estação metrô Maracanã, próximo ao palco de abertura e encerramento da Olimpíada. Armados, eles levaram um laptop, R$ 50, patins e equipamentos. As vítimas não reagiram, mas Larissa foi esfaqueada nas costas e levada para o Hospital Miguel Couto. Ela levou três pontos e passa bem.

A patinadora Larissa voltava para casa com amiga quando foi atacadaJoão Laet / Agência O Dia

“Estou traumatizada, nem dormi. O mais doloroso foi ficar sem o computador, nele estava todo o meu trabalho”, disse ela, também webdesigner, contabilizando prejuízo de R$ 3 mil.

Elas prestaram depoimento na 20ªDP (Vila Isabel) e recuperaram os patins e equipamentos de proteção, que foram achados num terreno da SuperVia. Larissa e Estella integram a liga de Roller Derby Sugar Loathe. Amedrontadas, não querem mais treinar próximo ao Maracanã.

Ambulantes que trabalham na passarela onde a dupla foi atacada disseram que os assaltos são constantes e que não há policiamento. Já o químico Cayo Lima, 25, só transita por ali de skate para fugir em caso de tentativa de assalto. Segundo o ISP, nos três primeiros meses do ano ocorreram 710 roubos a pedestres na região do Maracanã e 11 bairros. No mesmo período de 2015, foram 664.

Últimas de Rio De Janeiro