Jovem morre após ser baleada na Via Light

Caso aconteceu na altura de Anchieta, na Zona Norte do Rio

Por O Dia

Rio - Uma jovem morreu, na madrugada desta segunda-feira, após ser baleada na Via Light, altura de Anchieta, na Zona Norte do Rio. A vítima foi identificada como Rafaela da Silva Dias e estaria dentro de um carro dirigido por um motorista do aplicativo Uber. De acordo com as primeiras informações, ela teria sido atingida por um disparo feito por criminosos que atiraram contra PMs que faziam uma blitz no local.

Procurada pelo O DIA, a Polícia Militar informou que após o depoimento dos parentes da vítima, a Corregedoria da corporação vai apurar se houve participação de PMs nessa ocorrência.

Já Polícia Civil informou que a Delegacia de Homicídios (DH) investiga o caso e que uma perícia foi realizada no local. Quatro testemunhas foram encaminhadas para prestar depoimento na especializada e os policiais estão à procura de imagens de câmeras de segurança instaladas na região para tentar identificar a autoria do crime. 

A reportagem também procurou a Uber que "lamenta profundamente o episódio de violência urbana que culminou na morte de Rafaela." A empresa também informou que "colaborará com as autoridades para ajudar nas investigações, na forma da lei."



Últimas de Rio De Janeiro