Caso de corrupção na Prefeitura de Teresópolis se arrasta há 8 anos na Justiça

Operação Tarja Preta denunciou 37 acusados de desviar R$ 17 milhões em fraude na compra de medicamentos. Até hoje, não houve nenhuma audiência

Por O Dia

Rio - Já se foram oito anos da Operação Tarja Preta, que denunciou 37 acusados de desviar R$ 17 milhões da Prefeitura de Teresópolis, e não houve uma única audiência. Entre os réus, está o ex-vereador Odenir Moreira, o Quincas, dono de farmácias envolvidas no esquema.

O grupo fraudava licitações para a compra de remédios feita por medida judicial. No processo, há pedidos de advogados considerados protelatórios, e aconteceram mudanças de juízes na 1ª Vara Criminal de Teresópolis, que está, desde de o ano passado, sem titular. Alô, Tribunal de Justiça!

Caso de corrupção na Prefeitura de Teresópolis ainda não foi julgadoReprodução / Google Street View