Mais de 30 dias de prisão temporária para acusados de sequestro e morte

Empresário foi assassinado em agosto

Por O Dia

Rio - O juiz Paulo Jangutta, da 41ª Vara Criminal, prorrogou por mais 30 dias a prisão temporária dos acusados de sequestro e morte do empresário Diogo Costa Santos, em agosto.

Daiane Pereira, Ana Rotherham e o PM Fabiano Barbosa, que era vizinho da vítima, foram presos mês passado.