01 de janeiro de 1970
  • WhatsApp (21) 98762-8248

Você cuida da eficiência de seu motor

Por O Dia

Costumamos pensar que carros são máquinas que independem de nós. Temos noção de que é necessário conservá-lo, mas isso normalmente diz respeito à parte externa e muito pouco sobre a parte mecânica. A eficiência do motor é um desses assuntos que normalmente não é falados, mas é de suma importância compreender.

Eficiência. Um motor precisa ter eficiência. Seja no desempenho, seja na questão do consumo tão falada na sociedade contemporânea, que demanda cortes de custos e de emissão de poluentes. O sensor de oxigênio, ou sonda lambda, é muito importante para a coordenação desse quesito. Ela faz a medição dos gases resultantes da queima e avaliam a quantidade de combustível na mistura com o ar.

Consumo. Outra peça fundamental no consumo e na eficiência são as velas e seus cabos. Elas têm de realizar a queima total do combustível, o que demandará capacidade total. Ou seja, ao menor desgaste do eletrodo, a necessidade é de troca imediata. Quem comanda as velas também não pode ser esquecido. Os cabos de velas, eletrônicos ou não, precisam fazer essa energia ser repassada na totalidade para dentro do cilindro. Em motores mais antigos, os cabos de vela levam a carga distribuída pelo distribuidor para as velas.

Cuidar da integridade da máquina é fundamental. Alguns cuidados são básicos para manter o motor equilibrado. A injeção é um sistema à parte e que alimenta o motor de combustível. Mas ele precisa ter a capacidade total de queima. Desgastes nos anéis de segmento, juntas queimadas, vazamentos de óleo prejudicam a integridade das partes móveis e a eficiência na mecânica do equipamento. Evite usar o motor até o limite. Respeite os dados informados pelo fabricante e mantenha as revisões automotivas sempre na totalidade.