JUSTIÇA PROÍBE PARALISAÇÃO DOS ÔNIBUS AMANHÃ

Por O Dia

O desembargador Marcos de Oliveira Cavalcante, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-1 Região), proibiu a paralisação de motoristas de ônibus do Rio, anunciada pelo Sindicato Municipal dos Trabalhadores Empregados em Empresas de Transporte Urbano de Passageiros do Município do Rio de Janeiro (Sintraurb) para amanhã, de 4h às 9h. A decisão foi em resposta a pedido do sindicato das empresas, o Rio Ônibus. O juiz determinou que o sindicato não pode "efetuar, comandar, coordenar ou incentivar a paralisação da categoria dos motoristas no dia 21 de novembro, sob pena de multa à entidade de R$ 100.000, e a seu presidente e diretores, de R$ 10.000, além de multa de R$ 1.000 para qualquer outra pessoa vinculada ao Sintraurb que vier a descumprir a determinação. Os rodoviários pedem aumento salarial e reclamam de atrasos nos pagamentos. O Rio Ônibus afirmou, em nota, que "uma paralisação neste momento em nada irá contribuir para a solução de problemas que têm impactado as empresas e os rodoviários, além de causar graves prejuízos à população".

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro