Avião apresenta sinais de fumaça e faz pouso forçado em aeroporto de Cumbica

Passageiros relataram o ocorrido. Aeronave aterrissou minutos depois de decolar. Empresa nega fumaça em cabine

Por O Dia

São Paulo - Passageiros de um avião viveram momentos de tensão na manhã desta quinta-feira. A aeronave do voo 6304, que seguia para Recife, decolou às 7h30 no aeroporto de Cumbica, em Gauarulhos, mas precisou fazer um pouso de emergência.

Avião fez pouso forçado minutos depois de decolarReprodução TV

Segundo a Avianca, o comandante optou por retornar ao aeroporto de origem por precaução, informou a companhia aérea. A empresa disse que o painel da aeronava que fazia o voo apresentou uma leitura atípica. No entanto, alguns relatos apontam que havia sinais de fumaça na cabina da aeronave.

O avião levava 156 passageiros e nenhum se feriu. Segundo a Avianca, a assistência necessária está sendo prestada aos clientes e as reacomodações estão sendo providenciadas.

A classificação do tipo de ocorrência no avião será realizada por uma equipe do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos).

Incidente em Congonhas

Na noite desta quarta-feira, mais um incidente envolvendo uma aeronave ocorreu. Um problema em uma das turbinas de um avião da companhia Latam causou um incêndio no Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo.

O avião, que seguiria no voo JJ3264 com destino ao Aeroporto Internacional de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte, teve a decolagem abortada e recebeu a assistência da equipe de bombeiros civis da Infraero, que controlou as chamas. Ninguém ficou ferido.

Segundo a Latam, o voo partiria às 17h40 do local, quando houve o princípio de incêndio, forçando a interrupção da decolagem. De acordo com a administração do aeroporto, o tráfego aéreo foi fechado para pousos e decolagens às 18h48 em razão da ocorrência Às 20 horas, a aeronave já havia sido rebocada e aguardava os procedimentos finais para desembarque dos passageiros, cuja quantidade não foi revelada.

A Infraero informou que a pista deve ser liberada ainda nesta noite, após finalização dos procedimentos de limpeza da área. Imagens de passageiros que estavam no terminal no momento da ocorrência mostram caminhões direcionando diversos jatos em direção a aeronave, que tinha parte da asa direita com manchas pretas.

A Latam disse já ter aberto um processo para investigar as causas do incidente.

Com informações da Agência Estado

Últimas de Brasil