Após sete meses, Anderson Silva pega Derek Brunson no UFC 208

Spider é considerado um azarão no duelo pelas casas de apostas dos EUA

Por O Dia

Nova York - Após sete meses longe das lutas, Anderson Silva volta hoje ao octógono, na edição 208 do UFC. O brasileiro encara o americano Derek Brunson na penúltima luta do card principal, que tem como atração maior a disputa pelo cinturão da categoria pena feminino — entre a americana Holly Holm e a holandesa Germaine de Randaime. O card principal vai começar às 22h (horário de Brasília).

Anderson Silva abraça o americano Derek Brunson%2C adversário de hoje%3A brasileiro não vence luta há três anosReprodução de Vídeo

O 'Spider' foi o último lutador a comparecer à pesagem oficial, ontem, no Brooklyn. Ele bateu o peso com folga (83,9 kg), diferentemente de Brunson, que cravou 84,4 kg — no limite da categoria. Sem vencer desde outubro de 2012, quando bateu Stephan Bonnar por nocaute técnico no UFC 153, no Rio, Anderson é considerado um azarão no duelo pelas casas de apostas dos Estados Unidos.

Em entrevista ao portal 'Combate', Anderson revelou ansiedade para o retorno ao octógono do UFC. "A partir do momento em que você perder essa ansiedade, é melhor parar de lutar. Eu me sinto bem com essa ansiedade, é o que me traz a vontade de estar lutando e de fazer o que amo", disse o brasileiro.

Durante o longo período de jejum em seu cartel no MMA, Anderson Silva perdeu duas vezes para Chris Weidman (a luta em que quebrou a perna direita e também a revanche, ambas valendo o cinturão). Além dos insucessos diante do americano, ele ficou um ano suspenso por doping e teve mais duas derrotas no ano passado, para o inglês Michael Bisping e o americano Daniel Cormier, quando lutou nos meio-pesados.

Além de Anderson, outros quatro brasileiros entram hoje no octógono. No card principal, Ronaldo Jacaré, da mesma categoria do 'Spider', enfrenta o americano Tim Boetsch. Pelos meio-pesados, Glover Teixeira encara o americano Jared Cannonier.

Já no card preliminar, Roan Carneiro faz sua estreia no UFC contra o americano Ryan LaFlare, na categoria meio-médio. Pelos moscas, Wilson Reis terá pela frente o japonês Yuta Sasaki.

Últimas de Esporte