Por pedro.logato

Rio - Vivendo um bom momento no Brasileirão, o Botafogo foi surpreendido neste sábado. Em duelo contra o América-MG, no Independência, o Glorioso não conseguiu manter as últimas boas atuações e acabou derrotado pelo Coelho, lanterninha da competição, por 1 a 0.

Com 21 pontos, o América-MG ainda está na lanterna, mas agora bem mais perto do 19.ª colocado, o Santa Cruz, que tem 23 e joga neste domingo. Para sair da zona de rebaixamento, está oito pontos atrás do Vitória, em 16.º lugar, mas esta distância já foi bem maior. O próximo compromisso será apenas no dia 3 de outubro, uma segunda-feira, às 21 horas, contra o Coritiba, no estádio Couto Pereira, em Curitiba.

Botafogo sofreu derrota em Minas GeraisDivulgação/América-MG

O JOGO

Em campo, o jogo começou de forma bem lenta. As duas equipes preferiram se estudar e pouco coisa foi criada nos primeiros minutos. Aí, aos 29, um apagão no estádio Independência, que deixou a partida paralisada por 13 minutos, fez os times acordarem.

O restante da primeira etapa foi bem melhor e os goleiros Fernando Leal, do América-MG, e Sidão, do Botafogo, tiveram de trabalhar. Especialmente o arqueiro americano, que defendeu em cima da linha um cruzamento despretensioso do lateral-direito Emerson.

Na segunda etapa, o técnico Joel Ventura tirou o meia Camilo, para a entrada de Leandrinho, e o Botafogo parou de jogar. O América-MG se aproveitou disso e foi para cima. Aos 19 minutos, conseguiu o gol da vitória. O meia Ernandes avançou bem pela esquerda e cruzou rasteiro na segunda trave para o lateral-direito Jonas, livre de marcação, completar para a rede. Sidão até chegou a tocar na bola, mas não conseguiu evitar a abertura do placar.

A partir daí, Fernando Leal começou a se destacar com defesas e muita segurança nas saídas de bola na área do América-MG. O Botafogo usou o recurso dos cruzamentos na área, inclusive com o goleiro Sidão nos últimos minutos, mas não teve sucesso.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 1 x 0 BOTAFOGO

Estádio: Independência (MG)
Renda/Público: Não disponíveis
Árbitragem: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Cartôes Amarelos: Leandro Guerreiro e Juninho (América-MG); Airton, Carli e Bruno Silva (Botafogo)
Gols: Jonas, aos 19 minutos do segundo tempo

AMÉRICA-MG - Fernando Leal; Jonas, Roger, Éder Lima e Bruno Teles; Leandro Guerreiro, Juninho, Ernandes, Matheusinho (Pablo) e Danilo Barcelos (Tony); Nixon (Michael). Técnico: Enderson Moreira.

BOTAFOGO - Sidão; Emerson, Carli, Emerson Silva e Diogo Barbosa; Airton, Bruno Silva, Dudu Cearense (Rodrigo Pimpão) e Camilo (Leandrinho); Neilton (Gervasio Núñez) e Canales. Técnico: Jair Ventura.



Você pode gostar