Com protesto e polêmica, Fla bate o Flu e fica perto do título da Taça Guanabara

Fred é expulso e pede o fim do Carioca; Rubro-Negro fica a uma vitória de vencer o turno; Quinto colocado, Tricolor tem decisão pela frente com o Madureira para decidir vaga

Por O Dia

Rio - A rivalidade que começou 40 minutos antes do nada teve mais um capítulo, neste domingo, no Maracanã. O primeiro ato foi de união, com protesto contra a Ferj. Depois, teve polêmica, com a expulsão de Fred, crucial para o jogo. O Flamengo venceu o Fluminense por 3 a 0 e se aproximou do título da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca, e já está garantido na semifinal. Agora, o rival tricolor terá uma decisão contra o Madureira para tentar não ficar fora do mata-mata.

Alecsandro faz o segundo do Flamengo no MaracanãBruno de Lima / Agência O Dia

Flamengo x Fluminense nunca é um jogo qualquer. De quebra, valeu título, o do Super Clássico, dado ao time que teve o melhor desempenho nos jogos entre os grandes. O Rubro-Negro bateu Fluminense e Vasco e ficou com a taça.

FOTOGALERIA: As imagens do clássico entre Flamengo e Fluminense

As duas equipes jogaram com uma pequena faixa preta na camisa, em protesto contra a Ferj. Antes de a bola rolar, perfilados, os jogadores taparam a boca com a mão, um gesto de mordaça em referência à punição a Vanderlei Luxemburgo - o técnico ficou fora do clássico após ter criticado a federação. Flamengo e Fluminense estão unidos contra a Ferj e estudam até criar uma liga independente. A torcida também bradou contra a federação.

Unidos contra a Ferj%2C Flamengo e Fluminense protestaram no MaracanãBruno de Lima

Na última rodada da Taça Guanabara, nesta quarta-feira, às 22h, o Flamengo encara o lanterna Nova Iguaçu no Moacyrzão. Se vencer, fatura o título da Taça Guanabara. O Rubro-Negro, com 35 pontos, lidera o Carioca. O Fluminense, na quinta colocação com 28 pontos, terá uma decisão contra o Madureira - terceiro lugar com 30 pontos -, no mesmo dia e horário, no Raulino de Oliveira. O Tricolor precisa vencer para se classificar para a semifinal.

O jogo

A primeira chance foi rubro-negra. Marcelo Cirino desceu em velocidade pela direita e chutou. Cavalieri defendeu em dois tempos. Pouco tempo depois, o goleiro foi surpreendido e falhou. Jonas ganhou na entrada da área e emendou de esquerda. A bola fez curva e morreu no fundo da rede: 1 a 0 Flamengo. Foi o primeiro gol do volante com a camisa rubro-negra.

VEJA MAIS: Confira a tabela e classificação do Campeonato Carioca

O Fluminense ficou com um jogador a menos. Fred foi expulso aos 31 minutos. Já punido com cartão amarelo, ele sofreu falta de Anderson Pico, mas o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães interpretou que o artilheiro simulou e deu o cartão vermelho. Ao sair do gramado, Fred disparou: "O Campeonato Carioca precisa acabar."

Fred foi expulso no clássico e fez críticas à FerjBruno de Lima / Agência O Dia

O Tricolor assustou em jogada de escanteio. Paulo Victor saiu mal e não achou nada. A cabeçada de Marlon, porém, foi para fora. O Flamengo voltou para o segundo tempo com Frauches no lugar de Jonas, pendurado com cartão amarelo.

LEIA MAIS: Expulso no Fla-Flu, Fred detona Ferj: 'O Carioca tem de acabar'

Em vantagem númerica, o Flamengo conseguiu aproveitar e ampliou o placar. Alecsandro foi lançado, até se enrolou, mas finalizou no canto de Cavalieri: 2 a 0. Foi o nono gol do centroavante, que agora divide a artilharia do Carioca com Marcelo Cirino, Fred e Rodrigo Pinho, do Madureira. O técnico Ricardo Drubscky também mudou. Ele colocou Marlone e Vinícius. Saíram Gerson e Wagner.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

Drubscky fez a última mudança. Lucas Gomes no lugar de Kenedy. Vinícius quase diminuiu. Lançado dentro da área, ele viu Paulo Victor diminuir o espaço. O meia tentou encobrir o goleiro, mas mandou para fora. Depois, o goleiro rubro-negro mostrou reflexo apurado e espalmou chute de Gum após cobrança de escanteio. Deivid colocou o jovem Matheus Sávio na vaga de Gabriel. A terceira alteração rubro-negra foi a entrada de Mugni na vaga de Luiz Antonio.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

E deu tempo para o Flamengo ampliar. Em contra-ataque, Matheus Sávio completou. Cavalieri ainda tocou na bola, mas o jovem meia-atacante ficou com o rebote e fez o terceiro, definindo a vitória rubro-negra.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 3X0 FLUMINENSE

Estádio: Maracanã
Público e renda: 40.971 pagantes / 46.080 presentes / R$ 2.053.970,00
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Gols: Jonas (Flamengo, aos 17' do 1ºT), Alecsandro (Flamengo, aos 9' do 2ºT) e Matheus Sávio (Flamengo, aos 43' do 2ºT)
Cartão amarelo: Gabriel, Jonas, Bressan e Márcio Araújo (Flamengo) e Edson (Fluminense)
Cartão vermelho: Fred (Fluminense)

FLAMENGO: Paulo Victor; Pará, Bressan, Wallace e Anderson Pico; Jonas (Frauches, no intervalo), Márcio Araújo e Luiz Antonio (Mugni, aos 34' do 2ºT); Gabriel (Matheus Sávio, aos 28' do 2ºT), Marcelo Cirino e Alecsandro; Técnico: Deivid.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Marlon, Gum e Giovanni; Jean, Edson, Gerson (Marlone, aos 14' do 2ºT) e Wagner (Vinícius, aos 13' do 2ºT); Kenedy (Lucas Gomes, aos 28' do 2ºT) e Fred; Técnico: Ricardo Drubscky.