Segurança reforça esquema do feriado de 7 de setembro em Brasília

Segundo secretaria, esquema de segurança precisou ser reforçado porque estão previstos outros eventos na capital

Por O Dia


Brasília - A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (DF) informou nesta sexta-feira que 1.300 policiais militares, apoiados por 60 veículos, vão trabalhar neste domingo na Esplanada dos Ministérios, local do desfile cívico-militar do 7 de Setembro.

Segundo a secretaria, o esquema de segurança precisou ser reforçado porque, além do tradicional Desfile da Independência, estão previstos eventos em vários pontos da capital federal.

O desfile na esplanada, que começará às 9h, será acompanhado também por 280 bombeiros, apoiados por 15 viaturas, e 30 agentes da Polícia Civil, que terão veículos de apoio. Segundo o secretário de Segurança Pública do DF, Paulo Roberto de Oliveira, a previsão é que 30 mil pessoas compareçam à cerimônia na Esplanada dos Ministérios.

Embora recomende o uso do transporte público no domingo, o secretário informou que os estacionamentos da plataforma superior da rodoviária e os dos anexos dos ministérios, na via
N2, estarão liberados para o público que for de carro ao local. As vias N1 na altura do Balão do Presidente, na L4 Sul, e S1, na Alça Leste da rodoviária, serão fechadas a partir das 5h50 de domingo e só estarão liberadas após o termino do desfile.

Paulo Roberto de Oliveira aconselha também antecedência na chegada aos eventos e identificação das crianças.

Outro evento que terá segurança reforçada neste domingo é o jogo de futsal entre o Brasil e Argentina, às 11h, no Mané Garrincha. No local, vão trabalhar 125 bombeiros, 514 policiais militares e 34 agentes do Departamento de Trânsito (Detran), com 14 viaturas. A Polícia Civil montará uma delegacia no interior do estádio. Espera-se um público de 40 mil pessoas na partida. Todos os estacionamentos próximos ao Mané Garrincha estarão liberados.

Também para domingo, está prevista a Parada do Orgulho LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais), a partir das 14h30, com concentração na altura da 112 Sul e previsão de 10 mil participantes.

Últimas de _legado_Brasil