Suspeitos de roubar motos são torturados com formigas venenosas, na Bolívia

Jovens foram amarrados à árvores para serem picados por formigas, cujo veneno pode ser letal

Por O Dia

Bolívia - Dois jovens, suspeitos de roubarem três motocicletas, foram torturados por moradores da aldeia Ayopaya, no Leste da Bolívia, com formigas venenosas. Wilmer Machado, de 18 anos, e Miller Macdonald Rodriguez, de 19 anos, foram amarrados a uma árvore, conhecida como palo santo, para serem picados pelas formigas que habitam o tronco, cujo veneno pode levar a morte. A tortura durou mais de 48 horas, e a dupla ficou amarrada por três dias, entre quinta-feira e sábado, da semana passada. 

Segundo o médico Roberto Paz Soldan, que trabalha em um hospital público de Cochabamba, a 210 quilômetros de La Paz, os jovens sofreram intoxicações graves, que acabaram resultando em uma insuficiência renal. O nefrologista Marcelo Quiroga, disse que o veneno dos insetos, que vivem em canais profundos nos troncos e caules das árvores, causou um inchaço nos rins dos jovens, que pararam de funcionar.

Jovens foram atacados por formigas venenosas que moram nos troncos das árvores Reuters

De acordo com Quiroga, um dos jovens permanece na UTI, mas já consegue respirar sem a ajuda de aparelhos e deve ser transferido nos próximos dias.

O tenente Diego Cespedes, chefe de polícia da cidade mais próxima, relatou que alguns moradores da aldeia bloquearam a estrada de entrada para impedir a intervenção de agentes policiais. A punição de criminosos é bastante comum nessas aldeias, que são áreas menos policiadas do país.

A irmã de um dos suspeitos contou que as duas famílias tiveram que pagar cerca de US$ 3.700, cerca de R$ 8 mil, para que a dupla fosse liberada.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência