Médium é acusado de abusar 91 vezes de uma menor de idade

Homem, de 44 anos, teria cometido os assédios sexuais durante as sessões de cura

Por gabriela.mattos

San Juan - Um homem de 44 anos que se autoproclamava médium foi acusado nesta quarta-feira de 91 crimes de abuso sexual contra uma mesma menor de idade, em Trinidad e Tobago. A informação foi dada por um porta-voz da Corte da cidade de Tunapuna.

Krishna Singh, que vive na cidade de El Dorado, compareceu a um tribunal local por ter cometido supostamente 91 abusos sexuais contra uma adolescente que o visitava habitualmente para participar de supostas sessões de cura.

Os crimes teriam ocorrido entre os dias 12 de maio e 6 de agosto, quando a vítima apresentou uma denúncia às autoridades locais. A corte negou o direito de fiança a Singh, que permanecerá em custódia até sua próxima audiência em corte, no dia 16 de setembro.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia