Bondinho de Santa Teresa deve voltar em junho

Obras começam nesta segunda e fecham ruas

Por O Dia

Rio - Os bondes de Santa Teresa devem voltar a circular a partir de junho do ano que vem. A previsão é do governo estadual, que divulgou nesta sexta-feira a programação das obras no bairro, que começam nesta segunda-feira. Os trilhos e a rede aérea de eletricidade serão substituídos integralmente em aproximadamente 10 quilômetros.

Também serão reformados a subestação elétrica, a oficina e os postes. Segundo a Secretaria Estadual de Casa Civil, a primeira parte das obras, dos Arcos até a Praça Odylo Costa Neto, será concluída até março. O trajeto entre a praça Odylo Costa Neto e o Dois Irmãos ficará pronto até junho do ano que vem. Já o restabelecimento do caminho até o Silvestre, que estava desativado há anos, será entregue no segundo semestre de 2014.

Na região dos Arcos da Lapa e do Largo da Carioca, já foram retirados os trilhos, dormentes e a rede aérea. Nesta nova fase das obras, que começam nesta segunda, será interditada, durante 120 dias, a Rua Joaquim Murtinho, entre os Arcos da Lapa e a Rua Francisco Muratori. Será fechado ainda o trecho final da Rua Francisco Muratori, entre as ruas Silvio Romero e a Joaquim Murtinho. Outra vias de Santa Teresa sofrerão alterações de sentido.

Na Rua Monte Alegre, o trecho entre Rua do Riachuelo e Rua Paschoal Magno funcionará no regime de mão única no sentido Santa Teresa. A Rua Hermenegildo de Barros, entre a Ladeira de Santa Teresa e a Rua Cândido Mendes, funcionará no regime de mão única, no sentido Glória.

Últimas de Rio De Janeiro