Moradores se assustam com tiroteio entre militares e suspeitos na Maré

Exército diz que tropa foi alvo de tiros de fuzil pistola. Em rede social, mensagem apelava para cuidado com inocentes

Por O Dia

Rio - Uma troca de tiros entre suspeitos e militares assustou moradores, no Complexo da Maré, durante toda a manhã desta sexta-feira e início da tarde. Apesar do confronto, não há relatos de feridos, nem dos militares, nem da população, segundo a Força de Pacificação.

De acordo com a FPac, das 9h30 às 13h30, a tropa fez uma operação de vasculhamento na área com o objetivo de capturar suspeitos que dispararam com fuzis e pistola contra os militares. Mesmo após as quatro horas de operação, nada foi apreendido e ninguém foi preso.

Na página Maré Vive, no Facebook, foram postadas declarações de moradores (sem identificação) comentando o tiroteio. O alerta era principalmente direcionado para quem estava próximo às ruas 06, 07, 11 e 17. Havia um apelo ao Exército lembrando que moradores estavam no meio do conflito. De acordo a postagem, carros foram atingidos por balas, pessoas ficaram encurraladas dentro da Escola Josué de Castro e o comércio foi fechado.

Últimas de Rio De Janeiro