Mais de mil metalúrgicos protestam em Niterói

Grupo, que não recebeu salário integral este mês, caminhou pelas ruas do Centro até a sede da prefeitura

Por O Dia

Rio - Mais de mil metalúrgicos do estaleiro Eisa, antigo Mauá, participaram de protesto no Centro de Niterói na manhã desta terça-feira. O grupo, que contava com cerca de 1.500 trabalhadores, caminhou até a sede da prefeitura e reivindicou uma reunião com o prefeito Rodrigo Neves, para que ele intercedesse nas negociações com a empresa.

A manifestação foi organizada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Niterói e Itaboraí, que afirma que o estaleiro não pagou o salário integralmente dos funcionários.

Metalúrgicos protestaram em frente à prefeitura de NiteróiWhatsApp O DIA (98762-8248)

Segundo o sindicato, os 4 mil trabalhadores receberam apenas 70% do salário deste mês. Além disso, a entidade afirma que o plano de saúde foi parcialmente interrompido. 

Segundo a PM, policiais do 12º BPM(Niterói) acompanharam o ato, que foi pacífico. Com o protesto, o trânsito do Centro ficou lento pela manhã.

Últimas de Rio De Janeiro