Polícia apreende sardinhas e distribui peixes em comunidade de São Gonçalo

Foram 500 quilos de pescado recolhidos no bairro Jurujuba, em Niterói. Apesar da pesca ser proibida, ninguém foi preso

Por nicolas.satriano

Rio - No bairro Jurujuba, em Niterói, policiais das 7ª e 2ª unidades de Polícia Ambiental (UPam) Marítima e Fluvial, junto de policiais do Serviço de Inteligência do Comando de Polícia Ambiental (CPam), apreenderam 500 quilos de sardinha, na tarde desta sexta-feira. A ação faz parte de uma operação que ocorre desde até o dia 31 deste mês para coibir a pesca da espécie de peixe nesta época do ano.

Sardinhas apreendidas foram distribuídas em comunidade e abrigo de São GonçaloDivulgação

Segundo a Polícia Militar, todo o material foi encaminhado à 79ª DP (Jurujua). Os peixes serão distribuídos na comunidade Arara Mandela e no abrigo Cristo redentor, ambos em São Gonçalo. Os PMs chegaram ao local graças a uma denúncia anônima. Crimes ambientais podem ser denunciados pelos telefones do Disque-Denúncia (2253-1177), ou do próprio CPam (2334-7632). 

Sardinhas apreendidas vão para centro de reabilitação de pinguins

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia